ACOMPANHE ESSE BLOG DE PERTO!

26 de set de 2011

Amor Supera Deficiências!!!

"DEFICIENTE" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive sem ter consciência de que é dono do seu destino.

"LOUCO" é quem não procura ser feliz com o que possui.

"CEGO" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

" SURDO" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo,ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.

"MUDO" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.

"PARALITICO" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.

E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois"MISERAVEIS" são todos que não conseguem falar com Deus!!!

4 comentários:

  1. Jucimar ,boa tarde, sou TO, moro no interior e etou fazendo uma pesquisa sobre criança( 1 ano e 4 meses) com ambliopia gostaria de algumas informações sobre as técnicas que vc usa para eestimulação visual.

    ResponderExcluir
  2. Claro Maria, envie-me um email discriminando exatamente o que deseja ok? assim que possível te envio resposta.
    Abraço!!!

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde, Jucimar, recebi o encamihamento e hoje vou avaliar a criança.Na verdade preciso de uma dica para avaliação e tratamento.Se vc puder e achar viável podemos fazer uma supervisão online.Combinamos valor e forma de pagamento.
    mariaalves2006@terra.com.br

    ResponderExcluir
  4. Querida Maria, claro que me disponibilizo em te ajudar... mas nada de valores. Estou aqui para auxiliar no que for preciso. É um trato feito entre eu e Deus, acredite!
    Meu email está no final da página, click nele e me envie suas dúvidas, ok?
    Grande abraço!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Muitas mudanças ocorreram nos últimos vinte anos, quando teve início a prática da Baixa Visão em nosso país. O oftalmologista brasileiro, porém, ainda não se conscientizou da responsabilidade que lhe cabe ao determinar se o paciente deve ou não receber um tratamento específico nessa área. Infelizmente, a grande maioria dos pacientes atendidos e tratados permanece sem orientação, convivendo, por muitos anos com uma condição de cegueira desnecessária." (VEITZMAN, 2000, p.3)

.
.

NÃO ESQUEÇA!....

NÃO ESQUEÇA!....

FONTES PARA PESQUISA

  • A VIDA DO BEBÊ - DR. RINALDO DE LAMARE
  • COLEÇÃO DE MANUAIS BÁSICOS CBO - CONSELHO BRASILEIRO DE OFTALMOLOGIA
  • DIDÁTICA: UMA HISTÓRIA REFLEXIVA -PROFª ANGÉLICA RUSSO
  • EDUCAÇÃO INFANTIL: Estratégias o Orientação Pedagógica para Educação de Crianças com Necessidades Educativas Visuais - MARILDA M. G. BRUNO
  • REVISTA BENJAMIN CONSTANT - INSTITUTO BENJAMIN CONSTANT