ACOMPANHE ESSE BLOG DE PERTO!

28 de jun de 2010

DESENVOLVIMENTO DA VISÃO FUNCIONAL

.




Ao nascimento, recém nascido:

Ser capaz de ver padrões de claro e escuro (contrastes), mas objetos específicos (detalhes) ficam embaçados, além de apresentar alguma fixação.

1o Mês

Capaz de focalizar a uma distância de 3.75 cm / 4 cm (1.5 polegadas) e também de iniciar o esboço do movimento conjunto dos dois olhos (coordenação binocular). Seguir objetos em movimento lento e objetos em movimentos horizontais em direção a linha média.

2o Mês

Apresenta desenvolvimento da reação protetora de piscar

Prefere faces (rostos) a padrões complexos

Segue objetos em movimento na vertical

3o Mês

Apresentar movimento fino (coordenação refinada) de olhos e sorrir em resposta a estímulo visual. Apresentar melhora de acuidade visual, de visão binocular e perceber diferenças significativas (gritantes) entre cores. Em geral, reconhecem os objetos apenas quando os manipulam e já antecipam a alimentação por estímulo visual.

4o Mês

Apresentar flexibilidade acomodativa (é capaz de alternar foco) e melhora da coordenação olho-mão. Demonstrar interesse em objetos pequenos e brilhantes e tentar se deslocar em direção a objetos no campo visual. Apresentar o reconhecimento de faces (rostos) familiares (conhecidas) e explorar visualmente novos ambientes. Realizar seguimento visual de objetos que cruzem a linha média com movimentos horizontais, verticais e circulares dos olhos. Realizar tentativas, sem sucesso, de alcançar objetos e levar à boca e olhar objetos que estejam em suas mãos.

5o Mês

Desenvolver coordenação olho-mão e conseguir pegar e agarrar objetos. Ser capaz de olhar intencionalmente para objetos mantidos próximos dos olhos e examinar objetos com os olhos, ao invés de usá-los apenas para brincar.

6o Mês

Alternar a atenção visual entre os vários objetos em um campo e resgatar (recuperar) brinquedos caídos que estejam ao alcance das mãos. Reconhecer faces (rostos) até 5.5 metros (6 jardas) e movimentar objetos nas mãos explorando visualmente, além de ter capacidade de manter a fixação e convergir igualmente os dois olhos.

9 - 10o Mês

Imitar expressões faciais e observar através de cantos e quinas (como escondido), mostrando o desenvolvimento da permanência de objetos. Capaz de derramar líquido para observá-lo e atenção visual novos objetos.Participar de brincadeiras.

1o Ano

Ter acuidade visual para distâncias e para perto próxima do normal (adulto). Apresentar melhora da visão binocular e acomodação.

2o Ano

Inspecionar objetos apenas com os olhos e procurar, buscar visualmente objetos ou pessoas perdidos. Capaz de imitar movimentos e ter melhora da visão de cores e da memória visual.

3o Ano

Capaz de parear formas simples, realizar encaixes simples ou quebra-cabeça, mas ainda necessita de algumas pistas táteis. Tentar pinçar, pegar objetos da página de um livro e desenhar um círculo rudimentar.


FONTE: http://estimulacaovisual.blogspot.com/2010/06/desenvolvimento-da-visao-funcional.html

.

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Muitas mudanças ocorreram nos últimos vinte anos, quando teve início a prática da Baixa Visão em nosso país. O oftalmologista brasileiro, porém, ainda não se conscientizou da responsabilidade que lhe cabe ao determinar se o paciente deve ou não receber um tratamento específico nessa área. Infelizmente, a grande maioria dos pacientes atendidos e tratados permanece sem orientação, convivendo, por muitos anos com uma condição de cegueira desnecessária." (VEITZMAN, 2000, p.3)

.
.

NÃO ESQUEÇA!....

NÃO ESQUEÇA!....

FONTES PARA PESQUISA

  • A VIDA DO BEBÊ - DR. RINALDO DE LAMARE
  • COLEÇÃO DE MANUAIS BÁSICOS CBO - CONSELHO BRASILEIRO DE OFTALMOLOGIA
  • DIDÁTICA: UMA HISTÓRIA REFLEXIVA -PROFª ANGÉLICA RUSSO
  • EDUCAÇÃO INFANTIL: Estratégias o Orientação Pedagógica para Educação de Crianças com Necessidades Educativas Visuais - MARILDA M. G. BRUNO
  • REVISTA BENJAMIN CONSTANT - INSTITUTO BENJAMIN CONSTANT